skip to Main Content
O Amor Como Fonte De Motivação E Energia

O amor como fonte de motivação e energia

Todos sabemos que o amor cura tudo. Ele tem o poder de fornecer uma nova visão do futuro. Quando você ama alguém e essa pessoa se sente amada, nasce um sentimento de aceitação e confiança mútuas. Isso cria uma motivação muito especial para dar o seu melhor e ser uma pessoa melhor. O amor, como fonte de motivação e energia, nos transforma em uma versão melhor de nós mesmos.

Ser amado faz você se sentir seguro; isso lhe dá uma razão para acreditar em si mesmo. O amor incondicional aciona um motor dentro de você, abrindo todos os tipos de portas. Ser amado é muito bom para o seu bem-estar, pois significa que alguém o aprecia do jeito que você é.

O amor é o reconhecimento do potencial de um ente querido e atua como uma energia transformadora. O olhar e o amor de outra pessoa nos dão vida e nos ajudam a transformar.

Elsa Punset

O amor lhe dá vida e faz você brilhar. O amor permite que você alcance seu potencial. Faz de você uma pessoa melhor.  E não é apenas o amor romântico que tem a capacidade de revitalizar. Por exemplo, o amor que os pais têm pelos filhos também alimenta sua confiança e auto-estima.

Terapia de Casal Online

Na terapia de casal e de família online busca-se identificar onde as interações estão problemáticas e procurar modos de melhorar o relacionamento.

A terapeuta Dolores Bordignon atende em Porto Alegre e pela internet, especialmente pelo Skype e Whatsapp. Tem grande experiência mais de 25 anos de experiência com famílias e casais.


O cérebro de quem experimenta e expressa amor

Quando você mostra amor, está dando a alguém uma maravilhosa sensação de paz e segurança. Você confia que ele ou ela retribuirá e não projetará medo ou desconfiança. Quando você dá amor, está realmente dando auto-estima a alguém. Por quê? Por causa da sensação de tranquilidade e pertencimento que você cria.

O que realmente acontece no seu cérebro quando você está apaixonado? Com técnicas de neuroimagem, Andreas Bartels e Semir Zeki, da University College London, conduziram um estudo no qual observaram a atividade cerebral de vários indivíduos enquanto observavam fotos de seus entes queridos e amigos. O objetivo era estudar e comparar as diferenças na atividade cerebral.

The neural correlates of maternal and romantic love | Semantic Scholar

Eles descobriram que, quando você se apaixona ou sente amor por seus filhos, desconecta as partes do seu cérebro que estão relacionadas a outras emoções, especialmente sua capacidade de crítica social. Quando você olha para um ente querido, partes do córtex pré-frontal são desconectadas.

O mesmo acontece com certas áreas do cérebro relacionadas à agressão, medo e planejamento. Isso afeta o seu julgamento. Você tende a confiar mais facilmente e a ser menos rigoroso quando se trata de suas avaliações sociais. Poderíamos dizer que seu cérebro está programado para ver o bem nos outros quando você está apaixonado.

O amor como fonte de motivação para se tornar uma pessoa melhor

A comunidade científica diz que “o apego humano emprega um mecanismo que supera a distância social, desativando as redes usadas para emoções negativas e avaliação social crítica. Ele também une indivíduos através de circuitos de recompensa, explicando o poder do amor como fonte de motivação e entusiasmo. ”

É por isso que podemos dizer que o amor nos torna pessoas melhores. O amor lhe dá forças para enfrentar novos desafios, pois lhe dá alguém ao seu lado que confia em você. Isso lhe dá poder para avançar e continuar se esforçando.

Através do amor, você tem a oportunidade de ter o mesmo efeito na outra pessoa. Portanto, quando você espalha amor, está projetando o melhor de si para eles. Amar e ser amado lhe dão a oportunidade de melhorar e se tornar mais confiante em si mesmo. O que você está esperando? Comece a amar!