skip to Main Content
Gratidão: Fundamental Para O Casamento

Gratidão: Fundamental para o casamento

A gratidão é uma virtude indispensável em um relacionamento. Embora para alguns seja mais fácil agradecer, outros não conseguem nem dizer um simples “obrigado”. E esse é um exercício que precisa ser diário numa vida a dois, só que geralmente não é o que acontece. Apesar de muitos casais não terem esse costume, saber agradecer é um hábito que pode até mesmo salvar um casamento.

Aqueles que reconhecem o lado bom do outro são mais felizesÉ o que mostrou uma pesquisa publicada pela revista acadêmica inglesa Personnal Relationship. Ao todo, 468 casais foram entrevistados e, segundo eles, há felicidade em suas casas porque eles são verdadeiramente gratos em ter a chance de viver com seu parceiro.

Closeup of loving couple holding hands while walking at sunset

Benefícios da gratidão no casamento

Além de gerar inúmeros benefícios para o casal, a gratidão contribui para a manutenção de um casamento duradouro. Isso porque casais gratos e felizes sabem que podem contar tudo um ao outro, não dando espaço para aquelas pequenas mágoas que, aos poucos, vão desgastando a relação.

Diante de uma rotina corrida, também é importante valorizar o que o outro faz e sempre apoiá-lo nas decisões. É claro que isso não precisa – e nem deve – ser algo sistemático, até porque é natural que apareçam conflitos durante a convivência. Mas, ao longo dos dias, é importante que a gratidão se torne um combustível diante dessas pequenas dificuldades.

O ato de agradecer pode estabelecer um clima de confiança e aceitação entre vocês. Por isso, a chave é colocar a gratidão no centro do relacionamento.

Terapia de Casal Online

Na terapia de casal e de família online busca-se identificar onde as interações estão problemáticas e procurar modos de melhorar o relacionamento.

A terapeuta Dolores Bordignon atende em Porto Alegre e pela internet, especialmente pelo Skype e Whatsapp. Tem grande experiência mais de 25 anos de experiência com famílias e casais.


A gratidão não vem sozinha

Ainda segundo o estudo, aqueles que adotam o hábito de cultivar a gratidão em um movimento espontâneo desenvolvem uma alegria profunda. Portanto, agradecer, doar-se ao outro e compartilhar, sem reservas, a vida com quem você ama são atitudes indispensáveis em um casamento.

Ser grato tira a atenção do próprio ego e o direciona para o outro. Na relação de um casal, a gratidão os reconcilia com a vida, convidando-os a apreciar o que têm, em vez de lamentar o que está faltando. Comece agradecendo seu parceiro pelas coisas simples do dia a dia. Dizer obrigado porque o outro esvaziou a máquina de lavar roupas, foi buscar as crianças na escola ou colocou o perfume que você gosta é um bom começo.

Parece banal, mas essas atitudes são, no entanto, essenciais – e muitas vezes esquecidas. Desta cultura de gratidão também surgirá a aceitação dos pequenos defeitos do outro, de suas ideias ou de seus valores, que muitas vezes podem ser contrários aos seus.

A virtude da gratidão

Se você consultar um dos dicionários maiores sobre o significado da palavra virtude, descobrirá três categorias de virtude. São virtudes cardeais, virtudes naturais e virtudes teológicas. Não há menção, no entanto, às virtudes do casamento. Esta série preencherá essa ausência, com uma discussão mensal de uma virtude específica que pode fortalecer a grande aventura do casamento. Este mês, o foco está na gratidão.

Por que as pessoas se casam? A resposta curta é que eles estão apaixonados. Estar apaixonado e praticar o amor é verdadeiramente a essência da vocação cristã, não importa qual seja o estado da vida, porque todo o amor verdadeiro é, em última análise, sobre se apaixonar por Deus.

O casamento oferece inúmeras oportunidades para praticar o amor. Mas como a intimidade do relacionamento também revela falhas pessoais (do outro e do nosso), podemos cair na negatividade, esquecendo como era inicialmente se apaixonar e o que é agora viver no amor. A virtude da gratidão pode nos ajudar a lembrar.

Implícita no termo virtude está a noção de habitual, de um modo de ser que molda nosso caráter. Portanto, para desenvolver a virtude da gratidão, é importante ser grato, tanto nos recantos do nosso ser interior, quanto nas trocas externas com nosso parceiro matrimonial, e fazê-lo com alguma regularidade.

A gratidão leva a muitas outras “virtudes”, como risos e diversão, compaixão e misericórdia. Além de destacar os presentes de nosso parceiro, o exame também descobrirá nossa propensão a ampliar pequenas falhas, as nossas e as de outras pessoas.

O efeito de praticar gratidão no casamento tem o efeito de mudar nossa perspectiva, ampliar nossos horizontes e aprofundar nosso amor, não apenas pelo cônjuge, mas pela comunidade em geral.

Para Reflexão e Ação

  • Por quais qualidades de seu cônjuge você mais agradece? Compartilhe suas listas uns com os outros.
  • O seu cônjuge tem um comportamento ou hábito irritante que você ampliou desproporcionalmente? Faça um esforço durante o próximo mês para deixá-lo ir.

O papel da terapia de casal

Mas muitas vezes é preciso trabalhar a maturidade afetiva de forma a atender carências afetivas e também equilibrar vontade de receber aspectos como estabilidade, carinho, compreensão, companheirismo, fidelidade e reconhecimento, por exemplo, com a própria disposição de dar. Assim o conflito se perpetua e cresce, atingindo níveis insuportáveis – mas não necessariamente insuperáveis.

A terapia de casal procura trabalhar cobranças, sentimentos exagerados que pautam comumente os relacionamentos modernos, quando vários mitos foram trocados por outros mitos: o “amor eterno” pela “verdade total”, a cobrança excessiva da fidelidade pelo mito da independência, a paixão avassaladora pelo esfriamento do sexo, que, muitas vezes, nada mais é do que uma adaptação natural do furor inicial, por exemplo. A sociedade cria mecanismos “reguladores” dos relacionamentos que podem tornar-se verdadeiras armadilhas.