skip to Main Content

Recomeçar, retomar, renascer são palavras difíceis de serem executadas. Pesa o tempo, pesam decisões passadas, pesa nossa crença de que não somos mais capazes.

Paradoxalmente, a força que precisamos para viver vem da própria vida. O que nos bloqueia mais e mais, o que de fato tira nossa força, é o único peso que existe: o peso de estarmos nos afastando de nossos desejos mais profundos, de nossos sonhos e aventuras.

Sonhos são maravilhosos, porque não são cenas em filmes. Não precisamos viver exatamente aquela cena para nos sentirmos realizados.

Sonhos são essências, são almas que podem assumir diversas formas. Não existe uma vida em que o sonho não caiba. É preciso reencontrar o sonho, moldá-lo como uma obra de arte, adequar a forma do sonho de acordo com quem somos hoje. Este é o grande desafio. Este é o grande combustível da vida.