skip to Main Content

“Como falar em ano novo, se a nossa mente é velha e saturada de falsas crenças? Nossa mente tem que mudar para que o ano possa mudar. Nós apenas somos novos quando temos um caso de amor com nossa saúde emocional, quando fazemos da vida um espetáculo único e imperdível.

O ano novo começa na nossa mente. Por isso eu, Augusto Cury, psiquiatra e escritor, espero que você seja um vendedor de sonhos e não de pesadelos. Que você possa começar a escrever os capítulos mais nobres de sua história, mesmo quando o mundo não lhe aplaudir, mesmo quando as coisas não funcionarem como você deseja.

Seja apaixonado por sua própria história. Não tema a vida. Tenha medo, sim, de não vivê-la intensa e inteligentemente.

Que você possa ter uma mente nova todos os dias, para que possa fazer de sua história uma nova história.”

— Feliz 2017, por Augusto Cury