skip to Main Content
O Que Falta Na Educação De Seu Filho?

O que falta na educação de seu filho?

Os modelos de educação atuais não servem mais para as novas gerações: quantas vezes você já leu ou ouviu isso? E quais modelos serviriam?

Alguns experimentos com base em grandes pedagogos e psicólogos têm surgido. São escolas mais conectadas com a tecnologia e a liberdade curricular, com estruturas menos rígidas e maior respeito à individualidade. Elas buscam “curar” a imposição de conhecimentos que, hoje, se mostram irrelevantes aos jovens: dados sobre temas desligados das emoções, vivências e desafios que eles enfrentarão ao longo de suas experiências individuais e coletivas.

Participe da palestra com a psicopedagoga Dolores Bordignon, Como educar filhos na era digital, que acontece dia 20, 18h30, na Menthes Porto Alegre!

O abismo que esta escola gerou entre o aluno e sua própria história é algo bastante recente. A estrutura das matérias, que prioriza mais a prova e a nota do que o aprendizado para a vida não data de muito mais do que dois séculos.

Parece muito, mas, se pensarmos na História da humanidade, veremos como, ao longo de milhares de anos, nos distanciamos da base da educação que formou nosso conceito de civilização – e, o mais interessante: como os valores da origem da educação são os mesmos valores que faltam à educação contemporânea, são os mesmos valores que a escola do futuro tem buscado desenvolver.

Voltemos um pouco para o século V a. C., quando a ideia de educação se amplia. A antiga educação, baseada na ginástica, na música e na gramática deixa de ser suficiente. A partir de agora, além de formar o homem, a educação deve formar o cidadão.

Surge então o modelo ideal de educação grega, a Paideia, que tem como objetivo geral construir um ‘homem completo’, moralmente desenvolvido, que não seja só um técnico, mas um sujeito de caráter, nutrido de cultura e hábil no uso da palavra, consciente da tradição e em constante amadurecimento de si próprio, acolhendo em seu interior a voz do mestre e fazendo-se mestre de si mesmo.

Ao longo do tempo, a Paideia foi se constituindo pouco a pouco como um genuíno sistema educativo que se tornou modelo matriz da educação ocidental.

Sua inspiração conserva um valor permanente, o de uma educação que tem por meta o aprendizado do homem total, e não de um mero produtor, consumidor, um mero dente na engrenagem da economia industrial.

E então? Os valores da Paideia lhe soam familiares aos dias de hoje? Grande parte das respostas sobre o futuro está na nossa história.

Leia também >> Seu filho está preparado para responder à esfinge? Formação dos jovens passa pelo grande caminho de religação com eles mesmos e com a vida.

Recuperar as bases perdidas, em tempos de poucas referências, na significa retrocesso, pelo contrário, significa reencontro com as grandes questões humanas. Pense nisso para seus filhos, alunos, crianças e jovens que darão sequência à história.

Se você tem interesse em se unir aos seus filhos e alunos neste caminho de retorno à Formação do ser humano, deixe seu e-mail abaixo para nós (manteremos sigilo, claro). Estamos criando novos projetos e retornaremos a você e à sua família em um futuro muito breve! 

[contact-form-7 id=”1741″ title=”Formulário interesse Paideia”]
This Post Has 2 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *