skip to Main Content
Empreendedora? Negociar é Seu Verbo-chave!

Empreendedora? Negociar é seu verbo-chave!

O sucesso de uma empreendedora é determinado pela capacidade que ela tem para negociar. Antes de falar com um cliente ou fornecedor, é preciso ter muita clareza do que você realmente tem como propósito e quais as estratégias irá utilizar para chegar a um acordo favorável e que te abra portas para futuras negociações.

É comum vermos pessoas muito bem organizadas quanto ao planejamento para colocar a própria empresa em funcionamento, porém sem tanta habilidade na hora de fazer negociações. Confira dicas essenciais para empreendedoras (e empreendedores) negociarem com maestria.

>> INSCREVA-SE: A ARTE DE NEGOCIAR E INFLUENCIAR PESSOAS: 2ª edição do curso com Dolores Bordignon acontece dias 21 e 28/10, sábados, na Menthes Porto Alegre do Barra Shopping Sul: 3024.3088!

Fio de conduta

Antes de mais nada, é preciso ter previamente um planejamento geral de toda a negociação, tudo aquilo que você pretende alcançar, traçar o que vai pedir e saber de antemão que não se pode aceitar tudo que for colocado na mesa pelo lado oposto. O planejamento é fundamental para que você saiba o tempo certo de realizar a negociação, para que não seja necessário aceitar condições desfavoráveis por falta de tempo.

Crie o hábito de negociar no dia a dia 

Para ter sucesso em uma negociação, é preciso ser assertiva e ao mesmo tempo natural. Se a empreendedora se coloca em uma posição de falar com um tom que soe de alguma maneira intransigente ou autoritário, ela fica em desvantagem. É preciso ter o equilíbrio de saber impor o que você pretende, mas com cordialidade, para que o outro lado não recue.

Há quem diga que são necessárias 800h de prática para se tornar um exímio negociador. Quer oportunidade melhor para praticar do que o cotidiano? Pode ser o valor de uma multa, a diária de um hotel, negocie mais, coloque em prática para que o hábito de negociar torne-se natural.

Ser boa ouvinte

Durante a negociação, devemos falar 20% e ouvir 80%. Isso é importante para ganhar espaço e credibilidade. Não se deixe levar pela ansiedade de dar uma resposta rápida.

Ouça mais e fale menos para que você possa analisar com calma o que o outro lado está te oferecendo e quais as brechas você pode encontrar para tentar melhorar o preço daquilo que está sendo oferecido. Seja paciente e negocie com tempo de sobra.

Ao vender, não estabeleça valores baixos

Seja seu produto ou mão de obra, na hora de fixar seus valores para alguém, não ofereça logo de cara um valor baixo, é preciso ter espaço para ceder. Se de imediato você abaixa o preço, o outro lado percebe claramente que existem brechas para uma redução e pode pressionar ainda mais para um valor desvantajoso.

Não esqueça: uma boa negociação, aquela que mais tem chance de ser recorrente, é aquela em que ambas as partes saem vitoriosas. Se alguém sente que saiu perdendo, provavelmente, não haverá uma segunda vez. Então, escute, converse — lembre sempre que tudo na vida é negociação, diálogo e compreensão dos contextos e necessidades alheios.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *